Infra-Estrutura: Sai edital para estudos da ferrovia que sairá do Mato Grosso até Rondônia


O edital de chamamento para contratar os estudos de viabilidade técnica com intuito de subsidiar a implantação da infraestrutura ferroviária no trecho da EF-354 entre Sapezal (MT) e Porto Velho (RO) foi publicado Ministério dos Transportes publicou ontem no Diário Oficial da União. Por meio desse mesmo edital, também será contratado o serviço aerofotogramétrico e o projeto básico de engenharia desse trecho de 950 quilômetros abrangendo os Estados de Mato Grosso e Rondônia.

Em pronunciamento ontem, o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) disse que a notícia é positiva para todo o Brasil, especialmente para as regiões Centro-Oeste e Norte e, em particular o Estado de Rondônia, pois se trata de uma ferrovia que irá consolidar os corredores logísticos e de exportações via rios Madeira e Amazonas, pelo Oceano Atlântico, bem como, a saída para o Pacífico.

“Particularmente, gostaria que este estudo já estivesse pronto, visto que o incluímos no Plano Plurianual 2012/2015 na ocasião em que fomos relator de Receitas do Orçamento da União, em 2012”, afirmou Acir, lembrando que a inclusão desse trecho da ferrovia no PPA foi discutida com a população de Rondônia em setembro de 2011, numa audiência pública da Comissão Mista de Orçamento do Senado, realizada na Assembleia Legislativa. “Portanto, já faz quase três anos e, agora, finalmente, teremos o projeto executivo para a obra. Esperamos que a partir de agora tudo aconteça com mais agilidade”, pontuou, ressaltando que com o resultado deste chamamento do Ministério dos Transportes, a empresa vencedora terá prazo de oito meses para entregar os referidos estudos, ou seja: o estudo técnico, a aerofotogrametria e o projeto básico de engenharia.

Investimentos de R$ 4,9 bilhões previstos do pac

A Ferrovia Transcontinental foi planejada para ter aproximadamente 4.400 km de extensão em solo brasileiro, entre o Porto do Açu, no litoral do Estado do Rio de Janeiro e a localidade de Boqueirão da Esperança/AC, como parte da ligação entre os oceanos Atlântico, no Brasil, e Pacífico, no Peru. Estão previstos R$ 4,9 bilhões no PAC para esta obra.

Entre Campinorte/GO e Vilhena/RO, são estimados 1.630 quilômetros de extensão na denominada Ferrovia de Integração do Centro Oeste (Fico). A expectativa inicial do Governo Federal era ter começado as obras no final de 2010. Desde então, foram diversos adiamentos, até que o TCU impediu a licitação de milhares de trilhos devido a falhas no projeto. O novo projeto para os 900 quilômetros entre Campinorte (GO) e Lucas do Rio Verde (MT) já está pronto e a expectativa da Valec é iniciar as obras neste trecho ainda neste ano.

“Ao mesmo tempo em que comemoro o lançamento deste edital, manifesto minha preocupação com a necessidade de encurtarmos os prazos para o licenciamento prévio da obra. Temos que evitar a duplicidade de estudos e fazer com que o EIA/Rima avance na proposição das compensações ambientais e medidas mitigadoras”, afirmou o senador reforçando que Rondônia está vivendo um momento importante e de crescimento de sua agricultura e de sua indústria e precisamos de infraestrutura para escoamento da produção.

“Para isso, precisamos agilizar os projetos de infraestrutura para o chamado Arco Norte, como esta ferrovia; e a restauração de todos as rodovias federais, que estão em curso e reconstrução da BR-319. Precisamos também da hidrovia do Madeira, dos portos e dos aeroportos da Amazônia, entre outras obras que irão colocar Rondônia no eixo central das exportações do agronegócio e reduzir em muito o custo de escoamento da produção de grãos da região Centro-Oeste. São esses os projetos que defendemos e são esses os projetos necessários para que o Brasil crie novos caminhos para escoar sua produção agrícola pela região Norte”, argumentou.

O Nortão Jornal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s