Ferrovia Norte-Sul: Empreiteira prevê trilhos para setembro


Construção da ponte sobre o Rio Grande avança e viaduto na Euclides da Cunha (foto) já tem fundações
Trilhos FNSFernandópolis – As obras de construção da Ferrovia Norte-Sul avançam pela região e já atingem 65% do cronograma, segundo estimativa feita pela empreiteira Triunfo Iesa Infraestrutura (Tiisa) responsável pelo lote 5, que vai do Rio Arantes, em Minas Gerais, até Estrela d´Oeste em nossa região, numa extensão de 141,9 quilômetros. A chegada dos trilhos à região está prevista para setembro.

Em nota ao jornal Tá na Mão, a empresa informa que o trecho de Minas Gerais está finalizado e que está em andamento a construção da ponte ferroviária sobre o Rio Grande , com 600 metros de comprimento sobre cinco pilares cujas bases ficarão submersas. A obra terá vão navegáveis – que permitirão a passagem das balsas que passam pela hidrovia. De acordo com a nota, 14,2% da obra foram executados, o que inclui os serviços de infraestrutura (fundações) e mesoestrutura (pilares). A previsão de conclusão, segundo a Tiisa, é março de 2015.

Outra obra de arte de grande porte já em construção é o viaduto sobre a Rodovia Euclides da Cunha em Estrela d´Oeste, a um quilômetro da divisa com Fernandópolis. A empreiteira Verissimo trabalha na conclusão das fundações do viaduto e diz que aguarda a liberação do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para construção das fundações do pilar no vão central da rodovia.

As obras de terraplenagem avançam em meio aos canaviais que dominam o cenário regional, cortando os territórios dos municípios de Ouroeste, Guarani d´Oeste, Populina e Fernandópolis . Entre Arabá e Estrela d´Oeste, várias obras de arte de menor porte estão em construção. A partir de setembro, diz a nota da Tiisa, terá início a construção da infraestrutura de ferrovia, ou seja, a colocação dos trilhos. O prazo previsto para a conclusão total da obra é Maio de 2015, conclui a nota.

Em Estrela d´Oeste, a Ferrovia Norte Sul se conectará com a Ferrovia EF – 364, operada pela América Latina Logística (ALL), de modo a permitir acesso ao Porto de Santos. O investimento previsto no PAC é de R$ 3,38 bilhões.

Jornal Tá Na Mão/Região Noroeste

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s