Ferrovia de Paranapiacaba será tombada


Sindicato dos Ferroviários da Zona Sorocabana
Ferrovia de ParanapiacabaPor Caroline Ropero | Diário do Grande ABC

O Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado) aprovou parecer favorável ao tombamento dos remanescentes do Sistema Funicular da antiga São Paulo Railway, ferrovia que ligava Santos a Jundiaí. O conjunto é composto por edificações, maquinário, obras de arte de engenharia e leito ferroviário.

Apesar da decisão, os restos da estrada de ferro estão completamente abandonados, com materiais ao ar livre que provocam problemas ambientais, sociais e paisagísticos.

Segundo o vice-presidente do Instituto do Patrimônio do ABC, Adalberto Dias Almeida, a ação demorou para ser executada. “As características daquelas construções são notáveis. O que restou das ferrovias, os túneis, partes de aterro, tudo que está lá permanece como retrato do descaso patrimonial. É uma pena que grande parte já não tenha mais recuperação.”

Outra preocupação é com a poluição do solo e a falta de fiscalização, já que os materiais podem ser usados como abrigo para moradores de rua e usuários de drogas.

De qualquer modo, o pesquisador comemora a aprovação. “Pelo menos aconteceu. Perceberam que preservar essas construções, tecnologias que eram tão caprichadas e belas, é muito importante”, afirma.

Almeida não culpa o conselho pela demora da aprovação, pois acredita que faz parte do sistema burocrático do País. No entanto, ainda deseja que a população demonstre maior interesse pela preservação da história. “O brasileiro pouco liga para tombamento, não tem o costume de respeitar isso, o que é muito ruim.”

A falta de preocupação com o patrimônio, segundo Almeida, é um aspecto que vem desde acontecimentos passados. “O histórico da falta de manutenção ferroviária no Brasil aconteceu desde o governo do Juscelino Kubitschek. De lá para cá, a ferrovia foi esquecida, já que a verba estava totalmente voltada para a rodovia. Não houve investimento nenhum.” O vice-presidente ressalta que, na época, não existiam preocupações ambientais.

Uma sugestão que o pesquisador gostaria que fosse aceita é para que as construções sejam recuperadas com materiais utilizados atualmente, muito mais forte e resistentes. “Iria ajudar a manter esse vestígio de mão de obra da arquitetura britânica, tão bonita.”

Anúncios

Um comentário sobre “Ferrovia de Paranapiacaba será tombada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s