Ponta Porã completou nesta sexta-feira 102 Anos


A Ferrovia é um fator preponderante para o desenvolvimento social, econômico e cultural da cidade

Estação de Ponta PorãPonta Porã completou 102 anos de existência, Nesta sexta-feira (18), impulsionada por uma rica história que ajuda a formar a identidade cultural de Mato Grosso do Sul.

Com inúmeros fatos e curiosidades, é impossível não mencionar a importância da Ferrovia como fator preponderante para o desenvolvimento social, econômico e cultural de Ponta Porã.

A Estação Ferroviária de Ponta Porã foi inaugurada em 19 de abril de 1953, iniciando um período fundamental para o crescimento e desenvolvimento de Ponta Porã e a cidade de Pedro Juan Caballero, Paraguai.

Por meio do ramal Corumbá, Campo Grande, Maracaju e Ponta Porã, chegavam imigrantes, trabalhadores de diversos lugares do país e do mundo, atraídos pelo ciclo da madeira e café.

Muitos chegavam com sonhos e projetos com o objetivo de se fixar na fronteira entre Brasil e Paraguai, outros de cumprir com a obrigação profissional. Para os moradores locais, aguardar familiares, amigos ou mesmo apenas para ver o trem chegar, já era uma diversão garantida.

Esta fase romântica chegou ao seu final na década de 90, com o sucateamento de muitas ferrovias, deixando para trás um momento importante da história de Ponta Porã. Atualmente por meio de uma parceria o prédio da Estação Ferroviária de Ponta Porá, localizada na General Osório, 2.150 abriga projetos esportivos e culturais desenvolvidos pela Prefeitura Municipal, através da SEJUL-Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer e a FUNDAC-Fundação da Cultura de Ponta Porã que atende milhares de crianças de segunda a sexta-feira.

Conforme informação do IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o transporte ferroviário no Brasil possui pouco menos de 30 mil quilômetros de extensão por 22 estados e Distrito Federal. A implantação das ferrovias no Brasil se deu a partir da década de 1850, sendo as primeiras ferrovias estimuladas por capitais nacionais e estrangeiros (especialmente o inglês), o principal motivador era o transporte de cargas.

Segundo historiadores a grande expansão das ferrovias brasileiras se dá no inicio do século XX. Em 30 de setembro de 1957, é criada a Rede Ferroviária Federal S/A reunindo 22 ferrovias brasileiras. Na década de 90 ocorre o processo de desestatização da RFFSA.

Somente a partir do fim da década de 1930 seria iniciado o prolongamento da Estrada em direção a Corumbá, ao mesmo tempo em que se iniciava a construção de um ramal, partindo das imediações de Campo Grande para Ponta Porã.

Esta iniciativa tinha o objetivo de ligar a rede ferroviária brasileira á República do Paraguai.Na mesma época começou a ser construída uma ferrovia entre Corumbá e a cidade boliviana de Santa Cruz de la Sierra. Todos os trechos foram construídos na primeira metade de 1950.

Fonte: O Progresso – Dourados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s