Ex-ferroviário se torna ‘cineasta’ ao gravar curta sobre a memória de trabalhadores da NOB


NOB - Ferrovia

Aos 70 anos de idade, ele roteirizou, produziu, dirigiu e atuou no documentário de curta-metragem.

A memória de trabalhadores da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil que, várias vezes, avistaram luzes semelhantes a faróis de um trem que nunca chegava virou filme nas mãos do ex-ferroviário Sebastião de Souza Brandão.

Aos 70 anos de idade, ele roteirizou, produziu, dirigiu e atuou no documentário de curta-metragem “Nos Trilhos do Trem Fantasma”, que foi gravado este mês no município de Ladário.

O ano era 1977 e “Seo Tião”, como é conhecido, conta que o grupo ficava assustado e ouvia, até, o barulho dos supostos vagões. Para transformar a história em filme, ele participou de um curso de cinema ministrado na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), durante duas semanas, junto com outros 19 contemplados desta edição do Revelando os Brasis, que conta com patrocínio da Petrobras.

O objetivo era repassar conhecimentos e ferramentas necessárias para elaboração dos roteiros. Veterano na turma que reuniu alunos de todas as regiões brasileiras, o ex-ferroviário é o único representante do Centro-Oeste neste concurso nacional de histórias, ao todo foram 951 inscrições.

Em Mato Grosso do Sul, a produção e as filmagens duraram seis dias, concentradas nos trilhos localizados na região de fronteira entre Corumbá e a cidade boliviana de Puerto Quijarro. As locações incluíram ainda uma antiga casa de trabalhadores férreos.

“Me emocionei ao rever colegas daquela época que gravaram depoimentos para o filme, que ainda vai contar com a atuação de filhos de ferroviários para nos representar quando jovens” – conta, entusiasmado, o pantaneiro.

A trilha sonora ficou a cargo de 15 cururueiros e suas violas, num ritmo bem peculiar à região.

Como assistir?
Os filmes estão em fase de edição e finalização, para serem exibidos a partir de setembro em circuito itinerante que passará pelas cidades dos participantes e capitais dos respectivos estados. Também serão produzidos DVDs para instituições educativas.

Os filmes ficarão ainda disponíveis no site http://www.revelandoosbrasis.com.br e transmitidos em rede nacional, por meio de parceria com o Canal Futura e do patrocínio do Petrobras Cultural. (Com assessoria)

Fonte: Midiamax/Correio de Corumba

Anúncios

Um comentário sobre “Ex-ferroviário se torna ‘cineasta’ ao gravar curta sobre a memória de trabalhadores da NOB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s