Chineses voltam a discutir corredor ferroviário com o Governo de Mato Grosso


JaponesesEmpresários chineses voltaram a Mato Grosso para discutir a construção da Ferrovia Transcontinental. O assunto foi tratado no último dia 25 de julho entre uma comitiva de empresários chineses e o governador Silval Barbosa. A intenção dos chineses é firmar parceria com o governo do Estado para a construção de um corredor ferroviário ligando o Goiás, Mato Grosso, Rondônia e Acre até chegar à fronteira do Brasil com o Peru e assim unir os oceanos Pacífico e Atlântico.

A construção da Ferrovia Transcontinental havia entrado em pauta entre o governo de Mato Grosso e o grupo de empresários chineses durante a assinatura de um tratado entre Brasil, China e Peru no dia 16 de julho em Brasília (DF).

Um dos empresários, Ma Li, que liderava o grupo, comentou que a empresa China Railway Engineering Corporation (CREC), o qual é vice-presidente, possui interesse em investir em Mato Grosso. Conforme o empresário, Mato Grosso conta com uma produção agrícola de suma importância. “Estamos em fase de pesquisa na Transcontinental e também temos muito interesse nesse projeto de Cuiabá-Santarém”, comentou Ma Li.

Segundo o governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, atrair investidores para consolidar uma logística adequada para o Estado é muito importante, pois o Estado é hoje um local de inúmeras oportunidades. “Estamos abertos para receber empresas que buscam retorno em seus investimentos e que ajudem a desenvolver nosso estado”.

Para Silval Barbosa, além da ferrovia Transcontinental, a ferrovia ligando Cuiabá a Santarém, também é importante para o escoamento da produção, o que permitirá ao Estado avanço em outros setores econômicos, como a mineração, e um aumento de competitividade.

Os chineses apresentam interesse na construção de uma ferrovia em Mato Grosso desde 2011 quando um grupo de empresários participaram da Rota da Integração Cuiabá-Santarém, quando as negociações tiveram início. No ano de 2012, Silval Barbosa chegou a ir para Pequim para apresentar projetos relacionados à infraestrutura e logística de Mato Grosso.

Fonte: Suinocultura Industrial

Anúncios

Um comentário sobre “Chineses voltam a discutir corredor ferroviário com o Governo de Mato Grosso

  1. Adriano T Guimarães disse:

    NOSSA OS CHINESES NA MÍDIA DIZ QUE O INVESTIMENTO PODE SER PAGO COM OS ALIMENTOS QUE MANDAM PARA CHINA, É IMPRESSIONANTE, VÃO FAZER MESMO E TEM PRESSA, DEVIDO AO PLANO B, SE O ORIENTE MÉDIO NÃO MELHORAR…PENSAR PROFESSORES(AS)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s