Miranda recebe lançamento regional do projeto “Trem é Turismo”


Iniciativa nacional da ABOTtC e do Sebrae desenvolver empreendimentos turísticos através do setor férreo.
Trem do Pantanal #noticiaferroviariaA Associação Brasileira das Operadoras de Trens Turísticos Culturais (ABOTtC) e o Sebrae lançam no estado na segunda-feira, 15 de setembro, o projeto “Trem é Turismo”, iniciativa desenvolvida nacionalmente pelas duas entidades.

Em Mato Grosso do Sul, foi selecionado o “Trem do Pantanal”, administrado pela empresa Serra Verde Express – Trens e Receptivo, que junto com a ABOTtC e o Sebrae realiza o evento às 19h30, na Querência Pantaneira (BR 262), em Miranda. A iniciativa regional conta com o apoio da Prefeitura Municipal e da Câmara Empresarial de Turismo da cidade; e também da Prefeitura e da Fundação de Turismo de Aquidauana.

Segundo Márcia Rocha, gerente de Serviço e Comércio do Sebrae no MS, um consultor está visitando os municípios para verificar as necessidades de melhoria na cadeia produtiva do atrativo. A partir deste diagnóstico, baseado também nas análises e perspectivas de lideranças locais e área técnica, será desenvolvido um Plano de Ação, a ser colocado em prática no próximo ano.

“A ideia é encontrar e trabalhar novas opções para o visitante, desde a gastronomia, cultura, artesanato, lazer e hospedagem nos municípios até as próprias estações de parada e atividades dentro do trem”, destaca.

Projeto

O projeto “Trem é Turismo” contempla 24 trens turísticos em operação em 11 estados do Brasil, como o Trem do Forró (Recife-PE), Trem do Vinho (Bento Gonçalves-RS), Trem de Luxo (Curitiba-PR), Trem do Corcovado (Rio de Janeiro-RJ); e as Marias Fumaças da Estrada Real (Paraíba do Sul-RJ) e São João Del Rei-Tiradentes (MG), entre outros.

É um amplo programa de apoio à melhoria da competitividade dos operadores dos trens e dos micro e pequenos empreendimentos que atuam no seu entorno. A iniciativa prevê ações de capacitação empresarial (oficinas e consultorias) e de acesso a mercados (Plano de Marketing, divulgação e promoção).

Trem do Pantanal

Conhecido por, em meados do século passado, levar passageiros na linha que ia de Campo Grande a Corumbá, o trem foi perdendo força para outros meios de transporte. Reinaugurado em 2009 como atrativo turístico, deixou de atender à Capital no final do mês passado para focar na linha Aquidauana-Miranda.

O percurso tem 70 quilômetros e duração média de três horas de viagem, com trajeto de ida feito em um dia e a volta no outro. A princípio, planejam-se duas saídas por mês, com possibilidade de ampliação de acordo com a demanda. O valor da passagem atualmente é de R$ 90,00 para adultos e R$ 36 para crianças.

Por: Sebrae/MS/Jornal Dia a Dia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s