Vagões descarrilados há uma semana continuam ao lado de ferrovia


Acidente foi em 9 de outubro, em São Roque (SP). Carga de açúcar ainda está espalhada no local.

Foto: Murilo Santos/O Democrata |Do G1 Sorocaba e Jundiaí
vagao-saoroque
Uma semana após o acidente em que um trem carregado de açúcar mascavo tombou em São Roque (SP), os vagões ainda permanecem amontoados ao lado dos trilhos na manhã desta sexta-feira (17). A composição descarrilou em um trecho no bairro Canguera, no dia 9 de outubro, espalhando a carga pelos trilhos. Segundo moradores, há uma grande concentração de abelhas em volta dos vagões, devidos ao  açúcar que está no local.

Durante toda a semana diversos funcionários trabalharam no local com máquinas. Foi necessário abrir espaço na mata para que guindastes, caminhões e carros da empresa America Latina Logística (ALL), responsável pela ferrovia, pudessem ter acesso ao local do acidente.

A ALL informa que está realizando os trabalhos de limpeza do local e a retirada dos vagões, que estão  em área operacional. Os trabalhos devem ser finalizados na próxima semana.  O comitê interno de segurança está apurando causas do descarrilamento.

Entenda o caso
Um trem carregado com açúcar tombou na manhã de sexta-feira (10), espalhando parte da carga na linha férrea. Segundo o internauta Murilo Santos, que enviou a imagem pela ferramenta colaborativa VC no G1, o trem estava a caminho do porto de Santos (SP) quando parte dos trilhos se rompeu e provocou o descarrilamento. O impacto fez com que quatro vagões fossem lançados para fora dos trilhos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s