Alckmin prevê que VLT da Baixada terá operação controlada em março


Mariane Rossi | Do G1 Santos

Paulo Alexandre Barbosa e Geraldo Alckmin participaram de reunião (Foto: Mariane Rossi/G1)

Paulo Alexandre Barbosa e Geraldo Alckmin participaram de reunião (Foto: Mariane Rossi/G1)

O governador Geraldo Alckmin autorizou, na manhã desta quinta-feira (18), a publicação do edital de pré-qualificação das obras do trecho Conselheiro Nébias – Valongo do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Santos, no litoral de São Paulo. Ele também anunciou a empresa vencedora da licitação para operar o Sistema Integrado de Transporte Metropolitano, que irá operar os transportes na Baixada Santista. A previsão é de que a operação controlada do VLT comece em março de 2015.

O governador autorizou a publicação do edital de pré-qualificação para selecionar as empresas interessadas em realizar as obras do trecho Conselheiro Nébias – Valongo do VLT, que devem começar no 1º semestre de 2015 e custarão cerca de R$ 215 milhões. “Vamos transportar cerca de 100 mil passageiros por dia e teremos, acima de tudo, qualidade. O VLT é o que há de mais moderno no mundo. É elétrico, não poluente e irá integrar as cidades da Baixada Santista. É uma obra estruturante”, disse ele.

O trecho Conselheiro Nébias – Valongo terá 14 estações de embarque e desembarque, em 8 km de extensão, ligando o centro da cidade a orla de Santos. Atualmente, o trecho está em fase de licenciamento ambiental. “Ele vai da Conselheiro Nébias até o Valongo e volta. O prefeito Paulo Alexandre Barbosa pleiteou que fossemos por uma via e voltássemos por outra. Passamos de 5,6 km para 8 km. Descemos pela Campos Melo, chegaremos ao Mercado Municipal, depois avenida João Pessoa, passamos pelo Poupatempo, depois Amador Bueno, depois Constituição e voltamos pela Conselheiro Nébias”, explicou o governador.

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa destacou a importância da ligação entre alguns pontos da cidade de Santos. “É fundamental a conexão com a região central, onde nós temos grandes fluxos, de acordo com as pesquisas feitas de origem e destino”, disse. Segundo ele, o VLT vai oferecer a oportunidade de requalificar a região do Mercado Municipal, já que passará ao lado deste ponto da cidade.

Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em São Vicente, SP (Foto: Divulgação / Prefeitura de São Vicente)

Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em São Vicente, SP (Divulgação / Prefeitura de São Vicente)

O prefeito também comentou a possibilidade do VLT, no futuro, passar dentro do túnel entre Santos e Guarujá. “Essa obra faz parte de um conjunto de intervenções históricas da região da Baixada Santista que estão sendo retiradas do papel. A estacão do VLT vai ficar a alguns metros do túnel oferecendo a oportunidade, no futuro, de conectar Santos e Guarujá”, falou.

O governador também anunciou que o Consórcio BR Mobilidade Baixada Santista, composto pelas empresas Comporte Participações S.A. e Viação Piracicabana Ltda., ganhou a licitação para operar o Sistema Integrado Metropolitano (SIM), que inclui ônibus, VLT, fornecimentos de sistemas e veículos, operação e manutenção nas nove cidades da Baixada Santista.

O consórcio ficará responsável por fornecer os sistemas de sinalização, telecomunicação e bilhetagem para o trecho Barreiros-Samaritá, além de fornecer outros 11 novos VLTs, somados aos 22 contratados.

O consórcio deve assumir as operações 180 dias a partir da assinatura do contrato, que está prevista para fevereiro de 2015. O investimento é de R$ 666 milhões. O prazo da vigência da concessão é de 20 anos. “O investimento do estado é de R$ 1,6 bilhões e terá a complementação de capital privado, que vai investir nos ônibus e ampliação da frota”, comentou o Secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes.

Obras VLT
O trecho Barreiros-Porto está em obras e já tem 10 das 15 estações concluídas e mais 3,5 quilômetros de via permanente entre as estações Mascarenhas de Moraes e José Monteiro, três subestações de energia e o viaduto Emmerick, em São Vicente. Em março de 2015, será iniciada a operação controlada do VLT em São Vicente e Santos, que vai anteceder a operação comercial, sob responsabilidade do consórcio ganhador da licitação, com previsão de inicio no 2º semestre de 2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s