Contrato de sistema integrado de transporte do VLT, em Santos e São Vicente será assinado nesta terça-feira


Quatro estações do VLT, em Santos e São Vicente, serão inauguradas com presença do governador

VLT-Santos

GUSTAVO T. DE MIRANDA DE A TRIBUNA ON-LINE

Nesta terça-feira (23) será dada a largada para a reta final da implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Santos e São Vicente, com a assinatura do contrato para celebrar a Parceria Público-Privada (PPP) da operação do Sistema Integrado Metropolitano (SIM).

O contrato compreende a prestação de serviços públicos de transporte urbano coletivo intermunicipal por ônibus, VLT e demais veículos de baixa e média capacidade. A PPP envolve a operação nos nove municípios da Baixada Santista.

O documento será assinado pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) e o Consórcio BR Mobilidade Baixada Santista, formado pela Viação Piracicabana e Comporte Participações S/A, que venceu a licitação internacional da operação.

O modelo de operação estabeleceu que o Governo Estadual executaria obras de engenharia e sistemas de comunicação e sinalização. O parceiro privado se encarrega, a partir de agora, do gerenciamento do sistema de transporte público das nove cidades da região.

O INVESTIMENTO previsto é de R$ 5,6 bilhões pelo prazo de 20 anos, sendo R$ 666 milhões vindos da iniciativa privada. O trecho entre o Terminal Barreiros e o Terminal Porto terá 11 quilômetros de extensão e 15 estações. Segundo a EMTU, esse trecho inicial tem 95% das obras concluídas em São Vicente e 60% em Santos.

Também nesta terça-feira haverá a entrega de mais quatro estações do VLT: Nossa Senhora de Lourdes e Pinheiro Machado, incluindo o Túnel José Menino, em Santos, e Itararé e João Ribeiro, em São Vicente. A solenidade terá a presença do governador Geraldo Alckmin e outras autoridades.

Na semana passada, a EMTU retomou as obras na Avenida Francisco Glicério, no trecho entre o Canal 1 e a Avenida Conselheiro Nébias, em Santos, onde os trabalhos ficaram paralisados por três meses por decisão da Justiça, que havia atendido pedido do Ministério Público. No último dia 12, porém, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Francisco Falcão, suspendeu a liminar (decisão provisória) que havia determinado a suspensão das atividades.

Depois de muitas prorrogações, a nova data de início da operação comercial do VLT, no trecho entre Santos e São Vicente, é dezembro deste ano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s