Alckmin cobra aval da União para trem


Gustavo Pinchiaro | Do Diário do Grande ABC
Governador #noticiaferroviaria
Candidato à reeleição, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) cobrou liberação de licença da União para utilizar espaço da rede ferroviária federal para implementação do trem intercidades de média velocidade, projeto que ligará Santa Bárbara d’Oeste a Santos. De acordo com o tucano, o lançamento do edital da PPP (Parceria Público-Privada) para execução só depende do aval da presidente Dilma Rousseff (PT).

Matéria relacionadas:

Continuar lendo

Padilha promete expandir Metrô até 2020


Padilha

Júnior Carvalho | Especial para o Diário de São Paulo

Candidato do PT ao governo do Estado, Alexandre Padilha (PT) prometeu ontem expandir o Metrô até 2020 e disse que o atual governador e candidato à reeleição, Geraldo Alckmin (PSDB), “vive no mundo da propaganda” ao afirmar que investiu no sistema metroviário paulista. Após visitar a região da Cracolândia, no Centro paulistano, o petista não quis mensurar a quantidade de quilômetros os quais se comprometeria a construir durante seu eventual governo, mas garantiu que vai “tirar o Metrô da Capital”.

“O atual governador vive no mundo da propaganda. Outro dia eu vi ele falar que está construindo 100 quilômetros de Metrô. Eu só estou vendo placa, placa tem bastante. De construção foram menos de dois quilômetros de Metrô por ano (durante a atual gestão). Ele (Alckmin) governa esse Estado há 20 anos e não tirou o Metrô da Capital. Vamos levar o Metrô para as regiões onde (as linhas) não chegaram ainda, como a Brasilândia, até o Jardim Ângela e levar ate o Grande ABC, Guarulhos e Taboão da Serra”, afirmou o petista.