Trabalhadores cobram salários e ameaçam fechar ferrovia no Amapá


Estrada de Ferro do Amapá (EFA)Trabalhadores que fazem o serviço de segurança na Estrada de Ferro do Amapá (EFA) cobram da empresa Zamin Mineração dois meses de salários atrasados. Eles ameaçam interditar a ferrovia usada para escoar minério entre os municípios de Pedra Banca do Amapari, Serra do Navio e Santana. Ao menos 34 funcionários dependem do dinheiro, segundo a associação contratada pela mineradora para fazer o serviço.

Outras notícias: O Trem como solução para o Estado de São Paulo

Continuar lendo