Cresce pressão pela retomada das concessões de logística


Valor Econômico/Revista Ferroviária

Intermodal

Na semana passada, uma das mais turbulentas do mercado financeiro dos últimos meses, o governo conseguiu ser bem-sucedido no leilão de concessão da Ponte Rio-Niterói. Nada menos do que seis empresas participaram da licitação. A vencedora da disputa foi a EcoRodovias, controlada pelo grupo C. R. Almeida, que ofereceu um deságio de 36,67% sobre o teto de pedágio fixado pelo governo para administrar a ponte por 30 anos – uma oferta considerada agressiva pelo mercado, mas também sinal de que um bom ativo atrai investidores de longo prazo mesmo em um momento de grande instabilidade.

Continuar lendo

Anúncios

O que você nunca soube sobre trens


beautiful_train_HD-photo

Os trens são veículos fascinantes. Durante séculos, têm transportado passageiros e carga em todo o mundo. Estes dias, os trens são uma parte importante da vida cotidiana para milhões, senão bilhões de pessoas ao redor do mundo. Eles são invocadas como meio de deslocamento para o trabalho, escola e casa, e fazem parte integrante dos sistemas de transporte em ambos os países desenvolvidos e em desenvolvimento. Na verdade, eles até mesmo jogar um papel inestimável na indústria do turismo, com muitas viagens de trem de luxo disponíveis como parte de pacotes de férias. Mas, acima disso, existe uma infinidade de conhecimento inexplorado sobre trens que nós apostamos que você nunca soube. Alguns de nossos fatos interessante trem favoritos incluem:

09562 Pendolino at Wolverton

  • A mais longa estação de trem no mundo é Grand Central, em Nova York. Vangloria-se de um impressionante 44 plataformas – quase o dobro da quantidade de Estação de Cape Town, que possui 24 plataformas.
  • O maior banco em uma estação de trem está na estação de Scarborough, na Inglaterra. Ele mede um espantoso 189 metros.
  • A mais longa viagem de trem no mundo é o de Moscou a Vladivostok, na Rússia. Esta rota faz parte do Trans-Siberian Express e é um incrível 9297 km de comprimento.
  • França é o lugar onde você vai encontrar trem mais rápido do mundo. É parecido com o Eurostar em que ele é executado cross-nacionalmente, no entanto, é um pouco mais rápido. A velocidade máxima do trem chega a até 151 quilômetros por hora – que é quase três vezes a velocidade que você pode dirigir um carro em uma área residencial.
  • O mais longo trecho reto da estrada de ferro, ou seja, o trecho mais longo da estrada de ferro sem torções ou curvas na mesma, está localizado na Austrália. Este medidas estiramento na a 478 quilômetros de extensão.
  • Muitos dos trens de passageiros que vemos hoje são compostas principalmente de carruagens autopropulsados. Estes carros estão ligados a outras unidades movidos a eletricidade, e são mais ecológicos do que os trens tradicionais. No entanto, eles requerem mais manutenção do que os veículos de locomotivas individuais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O mundo dos trens é uma uma intrincada. Ao longo dos últimos vários séculos que evoluíram para a humanidade serviço numa variedade de maneiras. Considerando-se a série de evolução que já teve lugar, não temos dúvida de que a indústria da locomotiva vai continuar a fascinar-nos para os próximos anos.

Créditos de imagem:

http://www.smh.com.au

http://www.123mobilewallpapers.com

Fonte: SA Adventurers

Maria Fumaça de São João del Rei tem horários especiais para janeiro


Locomotiva a vapor liga a cidade histórica e o município de Tiradentes.
Trem fará 86 trajetos entre as estações ferroviárias.

Maria Fumaça de São João del Rei-2Do G1 Zona da Mata

A tradicional Maria-Fumaça, que liga São João del Rei a Tiradentes, terá horários especiais em janeiro de 2015. O objetivo é atender à demanda dos turistas no período das férias escolares. O trem fará 86 trajetos entre as estações ferroviárias localizadas nas duas cidades.

Continuar lendo

Vila de Paranapiacaba é opção de passeio


Vila de ParanapiacabaParanapiacaba é uma ótima opção de passeio para o período de férias para os moradores da região. Localizada a cerca de 30 km do Centro de Santo André, a Vila ferroviária construída por uma companhia inglesa no fim do século 19, é considerada patrimônio histórico nacional e oferece série de atividades relacionadas ao turismo cultural e ambiental.

Continuar lendo

Ferrovias e hidrovias são pouco exploradas no Brasil


Editorial do Jornal do Comércio

Ferrovia-hidroviaQuando eram pequenos, os meninos geralmente diziam que queriam ser maquinista ou bombeiro. Sabe-se lá por qual razão essas duas profissões fascinaram e povoaram o imaginário infantil dos que hoje têm 60 anos ou mais. Mas, da fantasia à realidade o que se vê são bombeiros mal estruturados materialmente e o abandono quase que total das ferrovias, salvo a Norte-Sul, iniciada por José Sarney (PMDB), combatida ferozmente pelo então oposicionista Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e hoje sendo impulsionada pela atual presidente da República, Dilma Rousseff (PT).

Continuar lendo

Simefre destaca desempenho acima do esperado da indústria ferroviária


Estadão Conteúdo / Stefânia Akel

indústria ferroviária

A indústria ferroviária teve desempenho acima das expectativas em 2014, tanto em termos de carga quanto de passageiros, segundo dados do Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários (Simefre). De acordo com o Sindicato, as previsões de investimentos elevados por parte das concessionárias ferroviárias de carga, assim como esforços do governo federal para melhoria da mobilidade urbana e as alterações na área econômica mantêm a indústria otimista para 2015, apesar da previsão de um ano difícil e de mudanças.

Continuar lendo