VLI registra dois recordes consecutivos no Corredor Centro-Norte


trem_vliA VLI, empresa especializada em operações logísticas que integram ferrovias, portos e terminais, registrou em abril um novo recorde no transporte de produtos no Corredor Centro-Norte, equivalente a 752 mil toneladas. O número ultrapassou o marco alcançado no mês anterior, quando foram movimentadas 670 mil toneladas. Na região, a empresa realiza o transporte de grãos, combustíveis, celulose, minério de ferro ferro-gusa e minério de manganês entre Porto Nacional (TO) e o Porto do Itaqui, localizado em São Luís (MA).

O recorde pode ser atribuído, principalmente, à safra de grãos – das 750 mil toneladas movimentadas pelo corredor, 495 mil correspondem aos produtos agrícolas. Somente no Terminal Integrador Palmeirante, unidade consolidadora de recebimento de grãos no Tocantins, 181 mil toneladas de carga foram transferidas de caminhões para os silos da estrutura, o suficiente para carregar 1.913 vagões.

O sistema de logística integrada da VLI é um diferencial para o escoamento dos produtos, segundo o gerente do corredor Centro-Norte Fabiano Rezende. “A VLI oferece um serviço de logística que integra terminais, ferrovias e portos, possibilitando uma visão integrada de toda a cadeia de escoamento. Essa característica assegura uma operação mais eficiente e a superação constante de resultados”, ressalta Fabiano.

Além do crescimento do volume agrícola, a consolidação dos fluxos de celulose no Maranhão e de combustíveis provenientes de Tocantins também contribuíram para o alcance dos marcos positivos nos meses de março e abril.

Corredor Centro-Norte

O corredor Centro-Norte, que engloba os Estados do Maranhão e Tocantins, está na rota de crescimento da VLI. Trata-se de uma região onde é projetado o desenvolvimento do Brasil nos próximos anos de forma mais expressiva. Na região, o transporte de produtos é feito pela Ferrovia Norte Sul, controlada pela própria VLI e também pela Estrada de Ferro Carajás, por meio de contrato com a Vale.

Fonte: Surgiu

Anúncios

Um modal à espera de investimentos


Opinião – Jornal Correio Popular de Campinas

linha férrea

É francamente reconhecido o engano que acometeu o planejamento brasileiro desde meados do século passado, quando o senso desenvolvimentista apontava para a instalação da indústria automobilística e a abertura de estradas como sinônimo de crescimento. Era o passaporte para o Primeiro Mundo em um País que despertava do marasmo do coronelismo e do feudalismo rural e buscava alternativas para a expansão econômica além da exploração de commodities.

Continuar lendo

MRS revitalizou 46 passagens em nível


Para garantir a segurança ferroviária, a MRS investiu em 2014, cerca de R$ 5 milhões em obras de eliminação de interferências, entre elas a construção de viadutos e passarelas, e sete quilômetros de linha férrea que foram vedados em pontos críticos.

mrs-passagem de nível

Apesar disso, ainda existem muitos pontos nos quais pedestres, veículos e ferrovia convivem no mesmo espaço. Para garantir a segurança nesses locais, a MRS revitalizou, em 2014, 46 passagens em nível ao longo de toda a malha, o investimento de R$ 3,5 milhões fez parte de um Plano Plurianual, aprovado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e terá continuidade nos próximos anos.

Continuar lendo

Transporte apresenta balanço de obras em infraestrutura e logística


Escrito por Redação Portogente

infraestrutura e logísticaO Ministério dos Transportes divulgou na última sexta-feira (26) o balanço de 2014, no qual mostra os principais resultados de investimentos púbicos e privados feitos em rodovias, ferrovias, hidrovias, além do desempenho do Fundo de Marinha Mercante (FMM) e demais ações da Pasta e das instituições vinculadas.

Continuar lendo

Vila de Paranapiacaba é opção de passeio


Vila de ParanapiacabaParanapiacaba é uma ótima opção de passeio para o período de férias para os moradores da região. Localizada a cerca de 30 km do Centro de Santo André, a Vila ferroviária construída por uma companhia inglesa no fim do século 19, é considerada patrimônio histórico nacional e oferece série de atividades relacionadas ao turismo cultural e ambiental.

Continuar lendo

Simulador de operações ferroviárias é inaugurado no Rio


Aparelho vai ser usado na formação e reciclagem dos condutores de trem.
Centro de treinamento da Supervia custou R$ 17 milhões.

simulador

Por Daniel Silveira | Do G1 Rio

Foi inaugurado na tarde desta terça-feira (23) na Central do Brasil, no Centro do Rio, o Centro de Treinamento Operacional (CTO). No local foi instalado um simulador de operação ferroviária em modelo de cabine para treinamento dos condutores de trem.

Continuar lendo

Rio recebe trens e barca comprados na China por R$ 293 mi


A previsão é que, dentro de 60 dias, barca e trens já estejam circulando.

A previsão é que, dentro de 60 dias, barca e trens já estejam circulando.

Rio de Janeiro – A cidade do Rio de Janeiro recebeu ontem (22), quatro trens e uma barca, denominada Pão de Açúcar, comprados na China pelo governo estadual, por R$ 293 milhões, para reforçar o transporte público na capital fluminense.

O governador do estado Luiz Fernando Pezão destacou a importância das novas aquisições para a cidade, pois “há mais de 50 anos que não se comprava uma barca nova”.

Continuar lendo