Prefeitura e ALL não têm planos de reformar prédio da Estação de Brigadeiro Tobias


Brigadeiro TobiasA reforma da antiga estação ferroviária de Brigadeiro Tobias está longe de virar realidade. Tanto a Prefeitura de Sorocaba quanto a América Latina Logística (ALL) não possuem planos para revitalizar o prédio, construído há 85 anos. Atualmente, duas famílias usam o imóvel como moradia e a concessionária conseguiu na Justiça um mandado de reintegração de posse para retirar os invasores do local.

Continuar lendo

Museu Regional Ferroviário de Bauru passa por reformas em acervo


Salas estão sendo passando por higienização e catalogação do acervo.
Museu preserva registros das antiga ferrovia e de seus trabalhadores.

museu ferroviário

Do G1 Bauru e Marília

Diversas salas do Museu Regional Ferroviário de Bauru (SP) estão passando por reforma. Segundo a Secretaria Municipal de Cultura, estão sendo feitas a higienização e catalogação do acervo. As medidas são tomadas para a preservação da memória da ferrovia e de seus trabalhadores.

Continuar lendo

Mairinque oficializa criação do Museu do Ferroviário Municipal


Redação: Rafael Barbosa – Fotos: Rafael Barbosa

Musel MairinqueMairinque celebrou na noite de quarta-feira, dia 12, a oficialização do Museu do Ferroviário. A celebração aconteceu na Estação Ferroviária de Mairinque, onde o museu está instalado, em um coquetel comemorativo. A oficialização deste empreendimento é uma grande conquista, que traz diversos itens que retratam a história não apenas da ferrovia de Mairinque, mas também do próprio município.

Continuar lendo

Passeios de trem da natureza: Trem Paranapiacaba (SP)


Por Gabriel Mazzone | * Portal Desviantes

Viajar de trem é fazer uma aventura com conforto. Através de um passeio de trem, você pode percorrer roteiros que levam a regiões diferentes do Brasil, onde há cachoeiras, montanhas, rochas, campos, enfim, lugares mágicos. O Desviantes selecionou 10 trajetos de trem que te levam para um passeio no meio da natureza. Veja qual deles combina mais com o seu perfil e faça uma viagem ao passado, de volta aos tempos em que o Brasil andava de trem.

Continuar lendo

Prédio do Museu da Estrada de Ferro Sorocabana é tombado


Museu SorocabanaO tombamento em grau 2 estabelece que sejam preservadas todas as medidas das fachadas externas

Por Sabrina Souza – programa de estágio | Foto – Aldo V. Silva

O prédio do Museu da Estrada de Ferro Sorocabana (EFS), localizado na região central da cidade, acaba de se tornar patrimônio histórico. Em andamento desde 2001, o processo de tombamento do imóvel, em caráter definitivo e grau de preservação 2, foi concretizado por meio de decreto publicado no Jornal do Município pela Prefeitura. Isso significa, segundo a Secretaria de Cultura (Secult), que as características externas do local deverão ser preservadas. Apesar disso e sem entrar em detalhes, a pasta informa que um projeto de restauração do museu está em andamento, porém sem data para ser efetivado. “Assim que a fase documental for concluída, o processo será encaminhado para aprovação”, destaca.

Continuar lendo

Museu Ferroviário em Araraquara é opção de lazer para o fim de semana


Peças em exposição foram utilizadas entre séculos XIX e XX (Foto: Sérgio Pierri)

Peças em exposição foram utilizadas entre séculos XIX e XX (Foto: Sérgio Pierri)

Visitação ocorre neste domingo, das 10h às 14h, com entrada gratuita.
Várias peças em exposição foram utilizadas entre os séculos XIX e XX.

Do G1 São Carlos e Araraquara

O Museu Ferroviário Francisco Aureliano de Araújo, em Araraquara (SP), abre neste domingo (26), das 10h às 14h. O funcionamento faz parte de um projeto da Secretaria de Cultura e Fundart que a cada domingo tem um dos museus da cidade aberto para visitação gratuita. As peças em exposição foram utilizadas entre os séculos XIX e XX.

Continuar lendo

Hortolândia abre museu em antiga estação ferroviária


Desenvolvimento começou ali, onde tropeiros paravam para descansar; moradores contribuem

Musel Hortolândia - #noticiaferroviaria

Por Diego Almeida

Não há endereço mais emblemático para abrigar a memória de Hortolândia do que a Estação Ferroviária Jacuba, no Centro da cidade. O desenvolvimento começou ali, onde tropeiros paravam para descansar.

Agora, sem passageiros, mas com muito fôlego de construir novos capítulos para esta história, a Prefeitura inaugurou ontem o Centro de Memória de Hortolândia Professor Leovigildo Duarte Júnior, neste local, prédio mais antigo da cidade, tombado pelo patrimônio histórico e cultural em 2003.

Continuar lendo