VLT volta a circular na grande João Pessoa


VLT - JPO Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) da região metropolitana voltou a circular na última quarta-feira (29), de acordo com o Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). O trem volta a funcionar depois de danos causados por usuários serem consertados e da poda de árvores que atrapalhavam a passagem em um trecho de 1 km do percurso.

Continuar lendo

Investidores planejam ferrovia e porto de R$ 16 bi no Pará


São Paulo – Investidores estrangeiros planejam a construção de uma ferrovia de 1,2 mil quilômetros no Pará e de um grande porto no nordeste do Estado para escoar minerais e produtos agrícolas, em uma obra de 16 bilhões de reais, disseram nesta segunda-feira o governo estadual e a empresa responsável pelo projeto.

Trem da Vale

A ferrovia estadual, que deverá ser uma concessão privada, seguiria um traçado paralelo ao trecho norte nunca finalizado da Ferrovia Norte-Sul, de concessão federal.

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedeme) concedeu à Pavan Engenharia, de São Paulo, autorização para realizar estudos preparatórios que demonstrem a viabilidade da ferrovia ligando sul e sudeste do Pará até o litoral nordeste do Estado, segundo comunicado divulgado nesta segunda-feira.

Continuar lendo

O que você nunca soube sobre trens


beautiful_train_HD-photo

Os trens são veículos fascinantes. Durante séculos, têm transportado passageiros e carga em todo o mundo. Estes dias, os trens são uma parte importante da vida cotidiana para milhões, senão bilhões de pessoas ao redor do mundo. Eles são invocadas como meio de deslocamento para o trabalho, escola e casa, e fazem parte integrante dos sistemas de transporte em ambos os países desenvolvidos e em desenvolvimento. Na verdade, eles até mesmo jogar um papel inestimável na indústria do turismo, com muitas viagens de trem de luxo disponíveis como parte de pacotes de férias. Mas, acima disso, existe uma infinidade de conhecimento inexplorado sobre trens que nós apostamos que você nunca soube. Alguns de nossos fatos interessante trem favoritos incluem:

09562 Pendolino at Wolverton

  • A mais longa estação de trem no mundo é Grand Central, em Nova York. Vangloria-se de um impressionante 44 plataformas – quase o dobro da quantidade de Estação de Cape Town, que possui 24 plataformas.
  • O maior banco em uma estação de trem está na estação de Scarborough, na Inglaterra. Ele mede um espantoso 189 metros.
  • A mais longa viagem de trem no mundo é o de Moscou a Vladivostok, na Rússia. Esta rota faz parte do Trans-Siberian Express e é um incrível 9297 km de comprimento.
  • França é o lugar onde você vai encontrar trem mais rápido do mundo. É parecido com o Eurostar em que ele é executado cross-nacionalmente, no entanto, é um pouco mais rápido. A velocidade máxima do trem chega a até 151 quilômetros por hora – que é quase três vezes a velocidade que você pode dirigir um carro em uma área residencial.
  • O mais longo trecho reto da estrada de ferro, ou seja, o trecho mais longo da estrada de ferro sem torções ou curvas na mesma, está localizado na Austrália. Este medidas estiramento na a 478 quilômetros de extensão.
  • Muitos dos trens de passageiros que vemos hoje são compostas principalmente de carruagens autopropulsados. Estes carros estão ligados a outras unidades movidos a eletricidade, e são mais ecológicos do que os trens tradicionais. No entanto, eles requerem mais manutenção do que os veículos de locomotivas individuais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O mundo dos trens é uma uma intrincada. Ao longo dos últimos vários séculos que evoluíram para a humanidade serviço numa variedade de maneiras. Considerando-se a série de evolução que já teve lugar, não temos dúvida de que a indústria da locomotiva vai continuar a fascinar-nos para os próximos anos.

Créditos de imagem:

http://www.smh.com.au

http://www.123mobilewallpapers.com

Fonte: SA Adventurers

Transiberiana: a mais longa ferrovia do mundo


Por Renato Lobo | Via Trolebus

Transiberiana

Vem da Russia a maior e quem sabe a mais bonita ferrovia do mundo, chamada de Transiberiana. Usada sobretudo para o transporte de cargas, a linha de mão dupla da ferrovia foi completamente eletrificada em 2002 e, atualmente, a Transiberiana tem capacidade de transportar até 100 milhões de toneladas de carga por ano.

Continuar lendo

Metrô/DF: tecnologia dos anos 1980


Por Manuela Rolim | Redação do Jornal de Brasília

Metrô-DF

Os usuários da Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF) terão de ter paciência para esperar as melhorias no transporte. Dois anos, no mínimo, é o prazo dado pelo presidente da companhia, Marcelo Dourado, para começarem as mudanças, consideradas urgentes pelo próprio gestor, após confirmar que a pane em alguns trens, registrada no início da noite da quinta-feira, aconteceu por falta de manutenção e falhas elétricas e mecânicas.

Continuar lendo