TCU vê falhas em projeto da Ferrovia Norte-Sul e porto


Ferrovia Norte-SulO Tribunal de Contas da União (TCU) apontou falhas no planejamento integrado entre os projetos de construção do trecho da Ferrovia Norte-Sul que segue de Açailândia (TO) até Barcarena (PA) e a expansão do Porto de Vila do Conde, localizado em Barcarena. A partir de informações técnicas dos dois projetos, o TCU concluiu que ambos “estão sendo executados como segmentos estanques” e que as informações sobre o trecho ferroviário “apresentam significativa discrepância daqueles constantes dos projetos de expansão portuária”.

Continuar lendo

Anúncios

Porto Seco investe em ramal ferroviário


Porto SecoO Porto Seco de Anápolis investirá aproximadamente R$ 15 milhões na construção de um ramal ferroviário ligando-o à Ferrovia Norte-Sul e cerca de US$ 10 milhões na compra de uma locomotiva que transporta até 8 mil toneladas. Segundo o superintendente do Porto Seco, Edson Tavares, o projeto está na última fase de avaliação na Valec: “Será um investimento de alto custo e que precisa ser definido com muita precisão.” O superintendente informou que já está negociando com empresas estrangeiras e nacionais a aquisição de equipamentos e materiais importantes para a funcionalidade do ramal ferroviário. Além disso, o Porto Seco e a Granol, empresa que também investe em ramais, estão dialogando com a Valec e com a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) para que seja feito o balizamento horizontal e instalação do centro de monitoramento operacional da ferrovia. As obras serão iniciadas após a avaliação da Valec e serão concluídas em até 90 dias.

Jornal Opção

Archer Daniels Midland (ADM) prevê ampliar investimentos em terminal do Pará


A americana Archer Daniels Midland (ADM), uma das maiores empresas de agronegócios do mundo, realizou na tarde de ontem o evento que marcou o início das operações do novo terminal de exportação da empresa, em Barcarena, no Estado do Pará. O primeiro navio carregado com soja partiu do terminal em 18 de agosto. Nos próximos dias, o terceiro navio deve ser carregado no terminal.

Exportação de grãos

Adquirido em 2012, o Terminal de Ponta da Montanha, como é chamada a unidade, tem capacidade para movimentar 1,5 milhão de toneladas de grãos por ano nesta primeira fase. A ADM só conseguiu a licença para exportar a partir do terminal no dia 31 de julho.

Continuar lendo

GE rescinde contrato com Prumo sobre unidade no porto do Açu


porto do Açu #noticiaferroviariaPor Rafael Rosas | Valor Econômico

Rio  – A Prumo Logística (antiga LLX) informou na últiama sexta-feira, em fato relevante, que a GE Oil & Gas do Brasil decidiu rescindir o contrato firmado em novembro de 2012 para a instalação de uma unidade industrial no porto do Açu, no Norte do Estado do Rio de Janeiro.

Continuar lendo

Usuários do Porto do Rio de Janeiro denunciam abandono do terminal


Por Akemi Nitahara | Agência Brasil.

MultiRio #noticiaferroviaria

Os usuários do Porto do Rio de Janeiro denunciam o abandono de equipamentos, as dificuldades de acesso e a existência de sucatas na área comum. De acordo com André Seixas, fundador do site Usuários dos Portos do Rio de Janeiro, há várias irregularidades no local.

Continuar lendo

Infraestrutura de transportes defende avanços no PIL


Modais-brasileiros #noticiaferroviariaO setor de infraestrutura de transportes, um dos eixos do programa do atual governo Dilma Rousseff para induzir o investimento no País e permitir uma maior expansão do PIB, ainda de ressente de um maior impulso. Representantes de diversos segmentos ouvidos pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, avaliam que, embora algum avanço tenha sido observado nos últimos anos, os investimentos não deslancharam na velocidade necessária e ainda há muito o que fazer para efetivamente reduzir os gargalos logísticos e propiciar maior competitividade para a produção nacional.

Continuar lendo

Pesquisas apontam que país precisa de investimentos de R$ 1 tri em transportes


RODOVIA X TRENS #noticiaferroviaria

Estudo feito por pesquisadores da Universidade de São Paulo (Estudo feito por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e que será apresentado daqui alguns dias na 14ª Conferência Internacional da Latin American Real Estate Society (Lares), no Rio, sugere que o país precisa investir R$ 1,09 trilhão até 2030USP) e que será apresentado daqui alguns dias na 14ª Conferência Internacional da Latin American Real Estate Society (Lares), no Rio, sugere que o país precisa investir R$ 1,09 trilhão até 2030.

Continuar lendo