Vagões da ALL ocupados por moradores de rua são trocados por modelos abertos


Por Giuliano Bonamim | Jornal Cruzeiro do Sul – Sorocaba

A América Latina Logística (ALL) retirou os vagões usados de abrigo por moradores de rua na região central de Sorocaba. A medida provocou uma melhoria na poluição visual, mas causou a migração dessa população para debaixo do viaduto Jânio Quadros.

vag.ab

No lugar dos vagões cobertos foram colocados na mesma linha férrea um total de nove carros sem cobertura. Esses exemplares mais parecem sucatas: estão enferrujados, com várias partes deterioradas e resquícios de pedras e carvão no lado interno. Até mesmo os logos pintados de branco da ALL sobre a cor vermelha estão praticamente apagados.

Continuar lendo

Anúncios

Prefeitura de Sorocaba estuda ação para retirar vagões


Por Leandro Nogueira | Jornal Cruzeiro do Sul

A fim de obrigar a retirada de vagões em deterioração no limite urbano, a Prefeitura de Sorocaba está disposta a recorrer à Justiça se a concessionária América Latina Logística (ALL) deixar de tomar tal providência. A retirada dos vagões por meio de determinação judicial ocorreu com êxito em Iperó, em 2013, quando a Prefeitura daquela cidade conquistou uma decisão na Justiça. Em Sorocaba, a Secretaria Municipal de Governo e Segurança Comunitária (SEG) informa que a concessionária ALL já foi notificada para retirar os vagões inoperantes. “A Prefeitura espera urgência no cumprimento da notificação. Caso contrário, entrará com pedido de liminar para garantir a remoção dos equipamentos”, divulgou a SEG na semana passada, mas sem informar quando agirá de tal forma. Em Mairinque também há dezenas de vagões velhos estacionados em frente a um bairro residencial, que segundo os moradores, contribuem para a criminalidade.

Vagão abandonadoNa edição da última terça-feira o Cruzeiro do Sul mostrou que em Sorocaba, além da poluição visual e da sensação de insegurança, uma parte dos vagões sem uso está sendo usada como dormitórios por pessoas em situação de rua. A ALL informou que retirará os vagões, mas deixou de informar quando. A concessionária divulga que atende rigorosamente os contratos de concessão e arrendamento e adota medidas de destinação de ativos inservíveis para casos em que não exista possibilidade de manutenção.

Continuar lendo

Vagões deteriorados causam preocupação


Por Leandro Nogueira | Jornal Cruzeiro do Sul

Vagão abandonadoAs dezenas de vagões em deterioração parados há meses na região central de Sorocaba causam temor na população e servem de abrigo para pessoas em condições de rua. Eles estão estacionados nas linhas férreas da América Latina Logística (ALL), provocando poluição visual e gerando insegurança, segundo a maioria das pessoas ouvidas pelo Cruzeiro do Sul. Sem informar uma data, a concessionária ALL informa que “em breve serão encaminhados à oficina especializada para recuperação”, mas parece ignorar a situação de parte desses espaços, já que informa realizar rondas preventivas para “evitar invasões, atuações de vândalos e inibir usuários de drogas”.

Continuar lendo

Entulho do trem é ‘berçário’ de dengue


Vagões abandonadosElton Rodrigues | Diário Web

Passado mais de um ano após o descarrilamento no Jardim Conceição, em Rio Preto, que matou oito pessoas, os vagões envolvidos no acidente continuam abandonados ao lado da linha férrea, no pátio da América Latina Logística (ALL), no bairro Parque Industrial. Moradores reclamam que as ferragens atraem insetos e roedores, além de acumular água. Os vagões foram levados para o local em 25 de novembro de 2013, um dia após a tragédia. “Isso virou um depósito de trem, um verdadeiro cemitério. Junta água quando chove e aumenta muito a quantidade de mosquitos. Isso sem falar na quantidade de baratas que aparece por causa da sujeira”, afirmou o conferente Marcos Antônio da Silva, 37 anos, morador de um conjunto de prédios que fica ao lado da linha férrea.

Continuar lendo

Cientistas conseguem explicar fenômeno de vagões que surgiam esmagados do nada


Muitas pessoas pensavam em monstros. Outras, em seres divinos. Mas a justificativa para vagões que se “esmagavam sozinhos” na Sibéria é outra e passa totalmente por motivos científicos. Após estudarem o feito, cientistas finalmente conseguiram explicar o fenômeno que chocava moradores locais.

Vagão destruído

Como nenhum animal seria capaz de destruir os tanques de tal maneira sem ser notado, cientistas perceberam que o mecanismo de limpeza utilizado, somado ao frio extremo do local, eram os fatores que levavam aos esmagamentos.

Continuar lendo

MP denuncia viagem clandestina de crianças em trens de carga da Vale


Trem de carga - valePromotoria diz que situação é frequente no Pará e Maranhão.
Empresa diz que faz rondas frequentes para evitar clandestinos.

Do G1 PA

O Ministério Público do Estado do Pará denuncia que crianças e adolescentes viajam de forma irregular pelo Pará ao pegar carona em trens da mineradora Vale. De acordo com a promotoria, a situação dos chamados “meninos do trem” vem sendo combatida desde 2006, mas ainda é muito frequente nos estados do Pará e Maranhão.

Continuar lendo

Transporte Individual: Contra-Mão, Beco sem Saída, Fim da Linha!


Por Alexandre Costa | Blog: O que você faria se soubesse

Publicada em 03/01/2013

Engarrafamento Há números que correm em paralelo aos recordes do clima e que com estes se entrelaçam. Vão da demanda e do uso de energia, ao consumo de agrotóxicos e fertilizantes; da extinção de espécies e perda de biodiversidade aos acidentes de trânsito; da área perdida de florestas à quantidade de rios represados; enfim, à concentração de CO2 atmosférico e demais gases de efeito estufa. Se forem feitos gráficos dessas variáveis em função do tempo, a marca comum a todas elas é o crescimento acelerado, ou, como é ensinado nos bancos escolares, um crescimento em progressão geométrica ou exponencial.

Matéria relacionada: O Trem como solução para o Estado de São Paulo

Continuar lendo