Novo secretário cobra verba federal para reforma de estações de trem


O novo secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, assumiu o cargo na última data (8/1) com o objetivo de acelerar os trâmites das obras do setor, que não têm caminhado de forma satisfatória. Ele substitui Jurandir Fernandes, que foi secretário entre 2011 e 2014.

Ribeirão Pires

As principais intervenções sob responsabilidade da pasta atrasaram, obrigando o governo do Estado a rever diversas vezes previsões de entregas no ano passado. Foi o caso da linha 15-Prata e das novas estações da linha 4-Amarela, por exemplo.

Continuar lendo

Anúncios

Trem intercidades aguarda por aval federal


trem intercidadesO secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, empossado ontem no cargo em substituição a Jurandir Fernandes, afirmou que espera a liberação das faixas de domínio da extinta Rede Ferroviária Federal para poder deslanchar a implantação do trem intercidades, que irá ligar as regiões metropolitanas de Campinas, Vale do Paraíba, São Paulo e Santos. Assim que for autorizada, afirmou, o governo lançará o edital da parceria público-privada (PPP) para que o trem, com velocidade média de 120 quilômetros por hora, possa ligar as quatro regiões.

Matéria relacionada: O Trem como solução para o Estado de São Paulo

Continuar lendo

Alckmin anuncia troca na pasta dos Transportes Metropolitanos


Clodoaldo Pelissioni entrará no lugar de Jurandir Fernandes; governador deve anunciar o nome dos novos assessores nos próximos dias

Clodoaldo Pelissioni, o novo secretário de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo

Clodoaldo Pelissioni, o novo secretário de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou nesta terça-feira que nomeará o atual secretário de Logística e Transporte, Clodoaldo Pelissioni, como novo secretário dos Transportes Metropolitanos, responsável pela gerência do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Pelissioni substituirá o atual ocupante da pasta, Jurandir Fernandes. Formado em administração pública pela Fundação Getúlio Vargas, Clodoaldo também foi superintendente do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) do Estado de São Paulo de janeiro de 2011 a junho de 2014.

Continuar lendo

MPE investiga contrato da Linha-6 do Metrô de SP


Linha 6-Laranja do Metrô #noticiaferroviariaO Ministério Público Estadual abriu inquérito para investigar suposta ilegalidade no contrato para a construção da Linha 6-Laranja do Metrô. A Promotoria quer saber se há irregularidades nas desapropriações para a construção do ramal, pagas pelos cofres públicos, apesar de o empreendimento ser tocado por um consórcio privado. Elas custarão R$ 673,6 milhões. O governo nega problemas.

Continuar lendo

Alckmin pede que governo federal aprove trem intercidades


Trem-Regional 3#noticiaferroviariaFernando Mellis, do R7

Nas últimas semanas, a campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) passou a mostrar os investimentos federais em obras de mobilidade urbana no Estado, usadas como vitrine eleitoral do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que disputa a reeleição. Questionado, na manhã desta quarta-feira (19), sobre a estratégia petista, o tucano disse que não se incomoda.

— Nós não temos nenhum problema, a gente até destaca [a participação do governo federal], porque nós queremos mais parcerias.

Porém, em uma questão que depende da União, Alckmin e o secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, dizem que estão “em uma luta”. O Estado quer que sejam liberadas as ferrovias federais por onde deverá passar o trem intercidades, um projeto dessa gestão, mas que já pode ser considerado promessa de um eventual segundo mandato.

Matéria relacionada: O Trem como solução para o Estado de São Paulo

Continuar lendo

Governo quer multar Bombardier por atraso no Monotrilho


Fernando GioloPor Renato Lobo

As vésperas da entrega da Linha 15-Prata, o Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretária de Transportes Metropolitanos ameaça multar a empresa canadense Bombardier, que esta produzindo o lote de 54 trens. De acordo com o Secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, as 4 composições que já chegaram ao pátio Oratório foram entregues com atraso:

“É preciso que essas empresas mundiais saibam que aqui o volume de implantação não é tribal. Não estamos tratando de coisa pequena. Venha para cá com o espírito que está lidando com coisas imensas, sérias e cumpra seus prazos”, disse Jurandir.

Clique aqui e continue lendo a matéria na íntegra